Sistema Alelo

De AleloWiki
Ir para: navegação, pesquisa

O sistema Alelo é uma plataforma corporativa de sistemas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) utilizado para a gestão de dados e informações das atividades de Pesquisa e Desenvolvimento aplicada a recursos genéticos em suas diversas vertentes: animal, vegetal (AleloVegetal) e de microrganismo (AleloMicro). O Sistema AleloVegetal é o sistema de informação de gestão dos recursos genéticos vegetais, parte integrante do Sistema Alelo, com a função específica de gestão dos recursos genéticos vegetais dos Bancos Ativos de Germoplasma e Coleções de base. Recebeu inicialmente a denominação de Sistema Acessar, em seguida Alelo BAG, nome então substituído por AleloVegetal, devido a ampliação de recursos e funcionalidades destinadas às atividades de informatização do Portfólio de Recursos Genéticos da Embrapa, em sua vertente vegetal. Atualmente, vem abrigando de forma assistida os dados remanescentes do Sibrargen (Sistema Brasileiro de Informações de Recursos Genéticos) e de outras bases e formatos de organização de dados ainda disponíveis nas atividades de curadorias de recursos genéticos da Embrapa.

O Sistema AleloMicro é o sistema especializado na gestão de dados de informações de recursos genéticos microbianos e também é componente do Sistema Alelo.

O Sistema de gestão de dados e informações de recursos genéticos da vertente animal também está disponível no Portal Alelo, mas foi concebido de forma diferente, a partir de parceria de três países: Brasil, Canadá e Estados Unidos da América (EUA), por meio de suas empresas estatais de pesquisa: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa/Brasil), Agriculture Research Service (ARS/EUA), e Agriculture and Agri-Food Canada (AAFC/Canadá).

Breve história do Sistema Alelo

A Embrapa, no cumprimento de sua missão institucional de fazer pesquisa e levar alimento de qualidade à mesa dos brasileiros, buscou dotar sua equipe de pesquisadores das ferramentas necessárias ao trabalho de qualidade e inovação. Desde a década de 80 a empresa utilizada a informática no manejo das informações de recursos genéticos.

No processo de atualização tecnológica, a Embrapa tem incorporado os avanços da área de informação à gestão de recursos genéticos animais, microbianos e vegetais.

A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, uma de suas unidades descentralizadas (UD), criada em 1974, foi pioneira no Brasil a usar efetivamente a tecnologia da informação com o desenvolvimento do Sistema de Informações de Recursos Genéticos (SIRG). No início dos anos 90, o SIRG operou com um conjunto de aplicativos standAlone (sem uso de redes) para microcomputadores. Este foi substituído em 2000 com a adaptação do Genetic Resource Information Network (GRIN), a partir de uma parceria da Embrapa com o Departamento de Agricultura dos EUA (United States Department of Agriculture – USDA). A versão brasileira, denominada Sistema Brasileiro de Informação de Recursos Genéticos (Sibrargen) passou a utilizar o modelo de arquitetura cliente-servidor com base de dados centralizada.

A partir de 2010 com a reformulação da Plataforma Nacional de Recursos Genéticos, cujas ações estratégicas foram voltadas à conservação e gestão de recursos genéticos, foi aprovado o projeto Documentação e Informatização de Recursos Genéticos, no âmbito do Macroprograma 1 (Sistema Embrapa de Gestão), permitindo o desenvolvimento do Alelo, com tecnologia para Web, de código aberto (open source). O sistema possui recursos de segurança e funcionalidade desde o manejo das informações até a sua disponibilização para a sociedade, favorecendo o intercâmbio de germoplasma de animais, microrganismos e plantas. Encontra-se em curso a migração e incorporação do conjunto de informações existentes na Embrapa para a base de dados do Alelo Recursos Genéticos.

O sistema Alelo, sediado no DataCenter de RG da Embrapa, agrega diversas ferramentas de apoio à gestão das informações produzidas no âmbito dos Recursos Genéticos, dedicadas ao compartilhamento de documentos, informações sobre legislação, termos de referência, coleções genéticas, área de treinamento, consultas públicas e o Tratado Internacional de Recursos Fitogenéticos para Alimentação e Agricultura (TIRFAA). O Alelo foi desenvolvido como um portal de serviços, integrando as diversas UDs da Empresa, por meio da gestão corporativa de dados; possui funções multilíngua e pluri-institucional, com diversos níveis de acesso, garantindo a segurança da informação para diferentes perfis de usuário, desde o curador até o cliente externo. As características e metodologias adotadas no desenvolvimento do Alelo permitem que o sistema seja usado por outras instituições de pesquisa no manejo de dados obtidos nas atividades com recursos genéticos.

O Sistema de gestão de dados de RG Animal, disponível no Portal Alelo, foi desenvolvido a partir de parceria entre vários países, por meio de suas empresas estatais de pesquisa: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa/Brasil), Agriculture Research Service (ARS/EUA), e Agriculture and Agri-Food Canada (AAFC/Canadá).

O Portal Alelo RG e seu conjunto de sistemas, ferramentas e recursos voltados à gestão de dados e informações de Recursos Genéticos, é fruto do encontro e do empenho de pesquisadores e profissionais de desenvolvimento, e conta com o apoio de parceiros internos e externos, que desde 2010 têm dedicado grande esforço à sua realização. Além da equipe de TI da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, os desafios vencidos até o lançamento do portal Alelo contou com atuação e colaboração da Chefia da Unidade, Macroprograma 1 (Mp1), Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD), Departamento de Tecnologia da Informação (DTI), Secretaria de Relações Internacionais (SRI), Diretoria Executiva (DE), Banco Ativo de Germoplasma (BAG) Arroz e Feijão (CNPAF), Agriculture Research Service (ARS/US), Agriculture and Agri-Food Canada (AAFC/CA), além de profissionais, Curadores e Pesquisadores de diversas unidades descentralizadas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa.

Ligações externas

  1. Portal Alelo Recursos Genéticos
  2. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
  3. Agriculture Research Service (ARS/EUA)
  4. Departamento de Agricultura dos EUA (United States Department of Agriculture – USDA)
  5. Agriculture and Agri-Food Canada (AAFC/Canadá)
  6. Embrapa Arroz e Feijão
  7. Genetic Resource Information Network (GRIN)